Estratégia comercial, pra que?

Data: 07/12/2016 Autor: Cássio Ferri Categoria: Empreendedorismo Visualizacoes: 414
img/landsdig_blognovo/270_post_5943.jpg

Sua empresa já desenvolveu a estratégia comercial para os próximos períodos? É hora de pensar um pouco e desenvolvermos ou repensarmos a nossa estratégia. Uma das perguntas que surgem quando falamos em estratégia é sobre as oportunidades de mercado e a busca por parcerias, como as pessoas trabalham para a busca desses parceiros? A maioria ainda tem receio em firmar alianças e parcerias com outras empresas.

Mas por que deixar para depois o que pode te trazer um retorno real agora? As pessoas entendem que hoje suas empresas são autossuficientes e poderão se destacar sozinhas no senário onde estão atuando, bem, às vezes podem até surgirem bons resultados pontuais, mas para a empresa realizar esse processo de desenvolvimento e crescimento sozinha pode se tornar um processo longo e árduo, muitas vão perder as boas ideias e ferramentas que um parceiro pode oferecer a ela. Claro que a procura pelas parcerias precisa ter vários cuidados, não adianta tentar convencer alguém que não tem intimidade com computador, por exemplo, que essa ferramenta será ideal para seu dia-a-dia. Empresas atualizadas e conectadas estarão mais dispostas as aceitar e absorver novas tendências e novidades do mercado.

Uma boa maneira de procurar parcerias que possam somar a sua empresa é buscar alguém no mercado que possa preencher possíveis lacunas nos serviços desenvolvidos pela sua empresa. Então, a área comercial deve ser desenhada junto com todo o projeto e ser desenvolvida bem no começo, pois não é fácil de conseguir as parcerias certas e principalmente fazer com que elas se destaquem no mercado. Principalmente se a sua empresa vai precisar disso para continuar oferecendo inovação e novas propostas para seus clientes.

A confiança e credibilidade da sua empresa virão com o tempo, mas a importância de ter os parceiros certos e engajados com sua proposta de trabalho e crescimento no mercado poderá definir o sucesso ou o fracasso de suas ações, mostre o que sua empresa pode fazer e aonde quer chegar, deixe suas pretensões bem claras para evitar surpresas desagradáveis.