Empreendedorismo - Aceite suas falhas, todos nós falhamos!

Data: 20/09/2016 Autor: Felipe Zimmermann Arruda Categoria: Empreendedorismo Visualizacoes: 397
img/landsdig_blognovo/263_post_6130.png

Independentemente da situação do momento empresarial, podemos lidar com duas opções: trabalhar ou reclamar. Se você é um líder ou gerente de algum tipo de negócio, não pode de nenhuma maneira deixar-se levar pelo pessimismo partindo para o lado da reclamação. Se um negócio hoje passa por alguma dificuldade, é possível que em algum momento você tenha falhado (não há culpados fora dos portões de seu negócio, somente do lado de dentro) e então a melhor maneira de consertar isso é contornar tal situação. 

Para todo problema há uma solução! Com certeza em algum momento de nossa empresa, podemos passar por uma crise, e não devemos ocupar nossas mentes com ela, temos que nos concentrar em achar alguma solução para ir longe dela. 

Não existe nada que o homem mesmo não tenha criado, para o qual não exista solução: Se a procura por culpados em relação a uma situação da empresa é constante, assuma essa responsabilidade, não tente dizer que foi o colaborador tal, que não exerceu sua tarefa corretamente – não! Você é o culpado por isso, você permitiu, e aí é mais fácil com que ache a solução para o seu problema.

Nossos atos impensados geram consequências imprevisíveis! Foco no que interessa, ter foco vai ajudar a não se desviar para notícias alarmistas, plantadas por um pessoal nos bastidores do poder que quer nos manipular, nos manobrar. O dono é mentor, mas não é o centro de tudo, há vários envolvidos, é preciso ter responsabilidade para entender que não pode ser egoísta. Sem foco, seu tiro saiu pela culatra. Seja claro com seus objetivos.

Realismo para começar a empreender: As pessoas perderam a referência de humildade, vários fazem um caixa e começam a misturar o dinheiro pessoal com o dinheiro da empresa, compram carros, casa, e tudo que há de novo no mundo consumista, e é ai que mora o perigo, pois na hora que não tiverem grana, não terão como sustentar o resto, é como se fosse um super-herói perdendo seus poderes.

Empreender não é só ser dono: Atualmente o governo, investidores e empresas mostram vários recursos para ter sua própria empresa, porém não é sempre assim que acontece. Você pode arrumar um emprego e agir nele empreendendo por si, você pode ganhar um dinheiro igualmente, ter muito sucesso e prosperidade. O grande segredo está em colocar essa energia no seu departamento, como se fosse seu, assim você irá se destacar dos demais, crescer ali e aprender o suficiente para depois construir seu próprio negócio. 

Sonegar impostos e outros lamentos: Muitos reclamam da corrupção em Brasília, porém, sonegam impostos, burlam o sistema e pensam que isso é jogar dinheiro fora. Como o empreendedor vai agir profissionalmente, formalizar o negócio, ter margem de crescimento, alcançar clientes maiores, se é antiético?