O que é uma fonte serifada?

Data: 25/04/2016 Autor: Felipe Zimmermann Arruda Categoria: Design Visualizacoes: 590
img/landsdig_blognovo/221_post_191.jpg

As Fontes Tipográficas, ou simplesmente fontes, ou tipos, são classificadas segundo suas principais características, as serifas. Todos os fatores que ajudam o olho humano a perceber uma palavra como um bloco ótico, melhoram a legibilidade. De maneira geral, as serifas facilitam a leitura, pois fazem o texto parecer contínuo aos olhos do leitor; as palavras aparecem mais “unidas”.

img/landsdig_blognovo/221_post_2710.png


Mas enfim, o que é uma fonte “serifada”? Na tipografia, as serifas são os pequenos traços e prolongamentos que ocorrem no fim das hastes das letras.

img/landsdig_blognovo/221_post_5529.png

Outra razão, esta mais técnica e menos discutida, tem a ver com a nossa percepção: as serifas ajudam a agrupar as letras de uma palavra, serifas fazem com que as letras desenvolvam uma espécie de “coagulação óptica”. 

Através de diversas análises, é possível saber que um leitor experiente não lê um texto letra por letra, e sim, palavra por palavra, e muitas vezes, até várias palavras de uma só vez. Uma das razões que confere melhor legibilidade às serifas é o seu percurso histórico – fomos habituados a elas.

img/landsdig_blognovo/221_post_9099.png

Existem algumas teorias para a origem das serifas como a explicação proposta pelo Padre Edward Catich em seu livro de 1968 - A Origem da Serifa: os contornos de letras romanas foram pintados pela primeira vez em pedra, e os escultores seguiram as marcas de pincel que deflagrou nas extremidades do curso e cantos. Outra teoria é que no alfabeto romano, as serifas originaram-se do talhar das letras em pedra na antiga Itália. Os artesãos entalhariam um pequeno espaço extra no fim de cada traço das letras a fim de prevenir o acúmulo de cascalho e poeira no encave. Há vários tipos de serifas e podem ser classificados em um dos quatro subgrupos: estilo antigo, serifa de transição, moderno e laje.

img/landsdig_blognovo/221_post_11620.png

Por fim, qual seria o melhor tipo de fonte para seu texto, marca, ilustração? A leitura do texto da tela de um computador ou tablet é consideravelmente diferente de ler o texto no papel. A principal razão para isso é a resolução, pois a tela não pode variar o tamanho dos pixels, limitando o formato mínimo de uma fonte serifada. Já no impresso, esses formatos podem ser mínimos e ainda assim possibilitam a leitura. Por esta razão, para exibição em tela aplica-se com maior frequência as fontes sans-serif (sem serifa), pois oferece maior legibilidade em tamanhos pequenos.

Ficou com alguma dúvida? Nós da Lands Agência Web podemos te ajudar, entre em contato conosco!