Saiba, qual tipo de site é o ideal para o seu negócio!

Data: 21/02/2016 Autor: Leonel Alfredo Landskron Categoria: Sites Visualizacoes: 933

 

O pessoal sempre fala sobre os sites de antigamente que eram estáticos! Antigamente? Serio? Até hoje em dia existem essas aberrações chamadas de websites...

Então, estes sites que eram basicamente formados por blocos de texto e imagens com estrutura HTML 1.0, acredite ainda existem aos montes nos dias de hoje!

Por isso antes de criar ou reformular o seu website/sistema tenha certeza de contratar uma Agência Web que realmente exerça as melhores práticas no desenvolvimento de Websites e Sistemas Web, para tal é extremamente importante entender qual tipo de site irá representar melhor o seu negócio.

Abaixo explicamos quais os principais tipos de sites existentes, e quais vantagens de cada um:

 

  1. Site Institucional (Estático)

Com toda certeza é o mais utilizado pela maioria das empresas. Ele é composto, basicamente, por algumas páginas de informações sobre o negócio, serviços e produtos, preços, e formas de contato. Se você não quer gastar muita grana para ter um website esta opção é a mais correta.

São bons para as empresas que querem ter a sua presença conhecida na internet, mas não têm muitas páginas para publicar ou muito o que falar. Como o site institucional é normalmente estático os buscadores não priorizam tanto nas buscas pois o seu conteúdo é sempre o mesmo o tempo todo!

Ideal apenas para você apresentar sua empresa de forma profissional, caso contrário, esqueça, e economize mais uma grana para desenvolver algo que realmente irá beneficiar você e sua empresa.

 

“A internet já está cheia de sites ruins e conteúdo pobre”

 

Site estático é melhor do que nada, serve basicamente para que os seus clientes (ou pessoas que você por exemplo trocou cartões de visita) obtenham informações extras, mas é fraco para captar novos clientes através dos sites de busca.

Apostar nesse formato muitas vezes é desperdiçar todo o potencial que a internet pode oferecer em termos de Marketing Digital, e no sentido de aumentar a presença online de uma empresa. Ou seja, dê o devido valor ao seu rico dinheirinho e pense de forma mais criteriosa na hora de investir em um site para o seu negócio!J

Normalmente para se trazer pessoas novas a este tipo de website é preciso investir em anúncios pagos em outros sites de maior fluxo de pessoas ou nos próprios buscadores, como o Google Adwords que trabalha com sistema de leilão de palavras chave.

 

Site Institucional
Site Institucional

 

  1. Site dinâmico

Em contraste com o site Institucional que também pode ser dinâmico, como o próprio nome diz, este tipo oferece mais dinamismo e permite que alterações sejam feitas em tempo real. O conteúdo pode ser constantemente atualizado através de uma ferramenta para gestão de conteúdo - CMS, fazendo com o que o site permaneça renovado e sempre atraente para o seu público e principalmente bem ranqueado para os motores de busca existentes.

Nos sites dinâmicos, além do conteúdo institucional, há a incorporação de várias funcionalidades que trazem benefício para a empresa, colaboradores, clientes, internautas, etc.… uma delas é o blog(vamos falar mais abaixo), que oferece a oportunidade para que a empresa possa investir em Marketing de Conteúdo e em Otimização para Buscadores (SEO) – duas ferramentas essenciais para atrair clientes em potencial no meio online, além de fortalecer a relação com a audiência, e atrair e nutrir os leads (futuros clientes). J

E por serem de fácil atualização e adaptação, sites dinâmicos devem ser integrados às redes sociais, não aceite, “não é possível”, como resposta, possibilitando a troca de conteúdo entre mídias – você pode postar vídeos, imagens, infográficos dentre outras mídias em seu blog com rapidez e facilidade e compartilhar como num passe de mágica! O objetivo de se ter um blog é simplesmente atrair seu público com conteúdo relevante e aumentar a sua audiência, a consequência disso é a conversão em formulários do interesse da sua empresa, mas faça um planejamento de mídia antes de botar a mão na massa.  

 

  

  1. E-commerce

Sites de comércio eletrônico, é a forma mais objetiva e com menor custo se comparada com a abertura de uma nova filial de vender através da internet, você poderá vender s mais diversos tipos de serviços e/ou produtos. Um site de e-commerce é excelente para comerciantes e lojistas que pretendem expandir seus negócios, exibindo suas vitrines também no ambiente online.

Desta forma o cliente pode escolher o produtos e encomendar no dia e hora que bem entender de forma segura e rápida. Mas não é para qualquer um, não ache que tendo uma hospedagem e instalando soluções prontas existentes na internet você conseguirá vender através de uma e-commerce, Atualizações constantes e muitas, mas muitas ações de marketing digital para chegar até seu consumidor final

Nota: Em uma outra oportunidade abordarei somente o e-commerce com informações e dicas importantes para o sucesso de um e-commerce.

 

 

  1. Site one-page

Em um site one-page basicamente toda a informação é carregada em uma única página e os links são controlados por javascript em sua grande maioria. A principal vantagem desse tipo de site é que ele funciona bem em aplicativos mobile, porque costuma levar menos tempo para carregar e as informações estão todas em um mesmo local possibilitando ao usuário um fácil acesso ao conteúdo, pois nos smartphones todos já estão acostumados a deslizar o “dedinho” na vertical em ambas as direções, para encontrar as informações que desejam. Por serem bastante intuitivos, eles também são ideais para empresas que visam atingir o público mais jovem e ocupado. Ao clicar em qualquer link do menu, o site apenas rola automaticamente até a respectiva seção, não precisando carregar uma nova página.

 

 

  1. Blogs

Blogs podem trabalhar de forma individual ou serem adicionais de um site dinâmico. Em geral, blogs são sites pensados para leitores, que estão sempre em busca de novidades (é claro se tiver um bom conteúdo, caso contrário esqueça). Eles devem sempre atacar um público-alvo e dependem completamente de seu sucesso para poder gerar alguma receita.

Em geral os blogs são potenciais ferramentas de divulgação e marketing, pois conseguem convencer os clientes de forma mais sutil (com dicas, por exemplo) ao invés de um anúncio direto.

O blog deve sempre se conectar com redes sociais e incentivar a navegação horizontal (fazer com que o leitor vá pulando de artigo em artigo, permanecendo o máximo de tempo navegando no blog/site).

Muitas empresas utilizam blogs para manter um relacionamento com seus consumidores de forma mais informal e criar um vínculo permanente com eles.

 

“Sempre gere conteúdo relevante para seu público para que ele assine seu conteúdo”.

 

img/landsdig_blognovo/192_post_11461.jpg

 

  1. Portais

Um portal é um site na internet que funciona como centro aglomerador e distribuidor de conteúdo para uma série de outros sites ou subsites dentro, e também fora, do domínio ou subdomínio da empresa gestora do portal.

Na sua estrutura mais comum, os portais constam de um motor de busca, um conjunto, por vezes considerável, de áreas subordinadas com conteúdo próprio, uma área de notícias, um ou mais fóruns e outros serviços de geração de comunidades e um diretório, podendo incluir ainda outros tipos de conteúdo.

Devido à grande quantidade de informação, para construir um portal são utilizadas ferramentas de gestão de conteúdo - CMS, pois os tradicionais editores de HTML não dão mais conta da demanda de trabalho que é muito elevada. Os CMS, ou Sistemas Gerenciadores de Conteúdo ajudam em muito o trabalho, pois criam um nível de abstração mais elevado além de fazer algo muito mais importante que é estabelecer uma hierarquia e controle das pessoas que alimentam o site, pois nem todos podem alterar o conteúdo de qualquer página, assim, o CMS delega de forma organizada as diversas páginas do Portal sem que seja necessário ficar revisando a questão da organização e uma forma geral.

Uma das vantagens no uso do CMS é o fato de, na maior parte dos casos, possibilitar a separação física do que é estética e estilo, do que é conteúdo, assim se o Webdesigner faz uma alteração de cor ou logotipo apenas a aparência é modificada, enquanto que o usuário leigo alimenta o site com a informação e conteúdo.

Este usuário comum sequer sabe das mudanças ocorridas na parte estética, ele apenas alimenta o conteúdo, portanto, pode trabalhar sem se preocupar com detalhes estéticos ou formatação, o resultado é a diminuição de custo de manutenção do Portal e a eliminação de mão de obra especializada em Webdesign que passa a ser substituída por pessoas que conhecem o básico de um Editor de Texto com imagens. 

img/landsdig_blognovo/192_post_10386.jpg

 

E aí, qual tipo de site é melhor para você ou sua empresa?

Após entendermos cada tipo de site, antes de tomar uma decisão, é preciso considerar alguns itens que essenciais, qualquer que seja o seu nicho, e qualquer que seja o site que você pretende construir, abaixo colocamos quatro dicas para escolher o seu tipo de site:

  • Primeiro: É preciso ter em mente que o site deve ser desenhado para uma fácil integração com mídias sociais, como já falamos. Afinal, você quer que os seus clientes falem de você em suas redes, certo?

 

  • Segundo: É importante avaliar que recursos estarão presentes no seu site – se você pretende compartilhar vídeos, slides, apresentações – e como você pretende exibi-los, se em páginas estáticas, ou com a necessidade de atualização constantes.

 

  • Terceiro: Definitivamente, você precisa avaliar também quais são os hábitos do seu público-alvo na internet. Por exemplo, se seus consumidores costumam visitar o seu site através de smartphones, você deve investir certo tempo trabalhando em uma melhor forma de se apresentar para o público através de tecnologias mobiles.

 

  • Quarto: É muito importante contar com a consultoria de uma Agência Web profissional para tal ação, afinal ela reúne profissionais especialistas para identificar seu público-alvo e criar um site que se comunique de forma eficaz.

 

É isso aí pessoal... Independente da sua escolha, estamos à disposição para tirar as suas dúvidas.

Se ainda tem dúvidas, entre em contato conosco que teremos o maior prazer em lhe atender!